tel.: (11) 3675-7810
abap@abap.org.br

173
Datas

22 a 25 ABRIL 2014
XX Congresso Brasileiro de Arquitetos
Fortaleza, CE
Palestra de Rosa Kliass
Mais informações

4 a 6 JUNHO 2014
51st IFLA (International Federation of Landscape Architects) World Congress
Thinking and Action: EarthHome & LandSpace; Ideas, Strategy and Action
Buenos Aires

Mais informações

26 a 30 AGOSTO 2014
12º ENEPEA: FORMAÇÃO ACADÊMICA EM PAISAGISMO E POLÍTICAS PÚBLICAS EM PROL DA PAISAGEM
Vitória, ES
Universidade Federal do Espírito Santo, Campus de Goiabeiras
Mais informações

10 A 13 SETEMBRO 2014
APPURBANA 2014 "A dimensão ambiental da cidade"
Belém

Mais informações

Frase

“Há gente que ama a natureza mesmo sendo doido ou doente, estes são os pintores; depois há os que amam o que a mão do homem faz e estes chegam até a amar os quadros.”
Vincent Van Gogh


Atualize seu e-mail

Encaminhe o endereço eletrônico de sua preferência para receber este boletim para abap@abap.org.br e também o e-mail de colegas, colaboradores e parceiros que possam ter interesse em nossas notícias e no intercâmbio de informações.


Cidades para Pessoas

Cidades para Pessoas"Cidades para Pessoas", a obra síntese do pensamento do arquiteto dinamarquês Jan Gehl, chega finalmente às livrarias do Brasil. Nesta obra, o arquiteto expõe sua crítica aos conceitos da cidade modernista, que teria privilegiado a organização espacial em detrimento da vida urbana e das aspirações de seus habitantes. As ideias defendidas pelo urbanista - cidade viva, segura, sustentável e saudável; a dimensão humana; a cidade como lugar de encontro, adequada para caminhar e para pedalar, são abordadas em todos os capítulos, onde textos curtos e fotos mostram soluções e bons e maus exemplos de cidades.

Segundo o ex-prefeito de Curitiba, Jaime Lerner, “Gehl aborda, de forma aprofundada e objetiva, questões que são fundamentais à qualidade de vida na cidade e que se refletem na escala dos espaços, nas soluções de mobilidade, nas dinâmicas que favorecem a vitalidade, sustentabilidade e segurança das áreas urbanas, na valorização dos espaços públicos, nas possibilidades de expressão individual e coletiva, na beleza daquilo que pode ser apreendido ao nível do observador."

Autor de vários livros sobre urbanismo, Gehl é consultor e professor universitário, tendo realizado diversos projetos de intervenções em países como Dinamarca, Estados Unidos, Suécia, Holanda, Inglaterra, Jordânia, Oman e Austrália. Editora PERSPECTIVA, São Paulo, 2013.

Espaço de Participação Coletiva: QUINTAS AMBIENTAIS

Quintas AmbientaisTodas as quintas-feiras, cidadãos interessados e membros do poder público com ação local se reúnem para discutir e propor encaminhamentos sobre planejamento e ações ambientais na região de Jaçanã/ Tremembé, na Zona Norte da capital paulista. Estas reuniões acontecem desde 2007, ininterruptamente, porém, com alguns momentos de baixa adesão em razão da ausência de espaço físico para estes encontros. Na atual gestão municipal, por solicitação da servidora Silmara Ribeiro Marques, que acompanha e coordena o grupo desde sua formação, grupo foi acolhido em uma sala da subprefeitura.

As Quintas Ambientais têm discutido e proposto alteração no Plano Diretor, informações sobre o Rodoanel Norte, implantação e requalificação dos espaços livres públicos, informação e responsabilização compartilhada na gestão de resíduos entre outros. O Grupo tem a missão de formar e informar cidadãos e aprimorar condutas ambientais na região. Foi partir deste coletivo que se implantou na região o 1º CADES (Conselho de Meio Ambiente, Desenvolvimento Sustentável e Cultura de Paz) Regional da Zona Norte, que visa dar encaminhamentos institucionais às propostas ambientais construídas coletivamente nos encontros da Quinta Ambiental.

Mais informações

Memoriais Suecos

Plano Diretor Estratégico de São PauloO artista Jonas Dahlberg foi selecionado em concurso para criar três memoriais aos jovens mortos por um terrorista de extrema direita em 2011. A obra mais marcante é uma fenda de 3,5 metros península Sørbråten, próxima ao local onde 69 jovens foram mortos. Os cem metros cúbicos de pedra resultantes deste corte, seriam utilizados no segundo memorial no bairro governamental de Oslo, onde uma bomba também causou mortes. O terceiro marco projetado é anfiteatro permanente chamado Tempo e Movimento.

O artista quis representar, com o vazio, a sensação de perda súbita, combinada com a ausência e a lembrança a longo prazo daqueles que se foram. Mas os pais de algumas vítimas estão criando polêmica, por conta do local escolhido e principalmente por não terem sido consultados a eles. Jonas Dahlberg pode ter que retornar ao atelier.

Mais informações

Iniciativa Simples Melhorias Múltiplas

Plano Diretor Estratégico de São PauloComo uma das suas primeiras atividades como Secretaria Executiva do Colegiado Permanente das Entidades Nacionais dos Arquitetos e Urbanistas (CEAU), a ABAP participou da entrega oficial à Ministra Secretária de Relações Institucionais, Ideli Salvatti – responsável pela articulação política do Governo Federal junto ao Congresso Nacional –, de documento de propostas de alterações das leis federais N° 8.666/1993, que estabelece normas para licitações e contratos da administração pública, e N° 12.462/2011, que institui o regime diferenciado de contratações (RDC).

Endossado, em conjunto, pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU-BR) e pelo Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), Associação Brasileira de Ensino de Arquitetura de Arquitetura e Urbanismo (ABEA), Associação Brasileira de Escritórios de Arquitetura (AsBEA) e Federação Nacional de Arquitetos e Urbanistas (FNA), além de entidades nacionais de Engenharia e Agronomia (Conselho Federal de Engenharia e Agronomia – CONFEA, Federação Brasileira de Associações de Engenheiros – FEBRAE, Associação dos Engenheiros Politécnicos – AEA – e Associação Nacional dos Servidores Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos do Poder Executivo Federal – ANSEAF), bem como pela própria ABAP, o citado documento destaca, dentre outros assuntos, o imperativo da exigência de “projeto completo” para a contratação de obras públicas. Nesse contexto, vale ressaltar que essa simples iniciativa pode resultar em múltiplas melhorias no campo da arquitetura paisagística no país.

Letícia Peret Antunes Hardt
Presidente da ABAP

Sócios colaboradores
Remaster
Haiah
Paisagem Escrita é uma publicação da ABAP